Newsletter

Cadastre-se para receber nossa newsletter.



Notícias

Piauí sedia 1º Encontro de Cerimonialistas e Mestres de Cerimônias

O 1 º Encontro de Cerimonialistas e Mestres de Cerimônias do Piauí reuniu mais de 300 pessoas durante toda a segunda-feira (26) no auditório da Federação das Indústrias do Piauí. O evento contou com nomes de destaque nacional no cenário do Cerimonial e participantes de todo o país.

O presidente do Comitê Nacional de Cerimonial e Protocolo, Sílvio Lobo, enfatizou que a realização de eventos como esse são para despertar o sentimento de pertencimento dos que trabalham na área em se capacitar e institucionalizar a atividade. "Precisamos reunir esforços para conseguirmos regulamentar nossa profissão, é necessária união do Brasil todo. Por isso é tão importante encontros como esse, o Piauí está de parabéns pela organização do evento", disse.

O governador do Piauí, Wellington Dias, prestigiou o Encontro e destacou a importância dos cerimonialistas em organizar a vida de pessoas com intensas atividades como os agentes políticos. "É uma atividade nobre e muito importante, me coloco à disposição para apoiá-los na luta pela regulamentação da profissão de cerimonialista, é uma luta difícil, mas confio nessa conquista".

A programação abordou temas tanto do cerimonial público, como social. Na parte da manhã, o público assistiu às palestras "O Comitê Nacional de Cerimonial e Protocolo - CNPC/Brasil, Por que e para que?", do Professor Doutor Sílvio Lobo; "Competências Profissionais para os Novos Tempos"; com a professora Kátia Albuquerque e "Mestre de Cerimônias: A arte de conduzir a solenidade", do professor Anderson Amaury Silva. À tarde, foram apresentadas as palestras de "Gestão do Cerimonial Social"; com a professora Kátia Albuquerque;  "lmagem Profissional No Mundo Contemporâneo - Você transmite ser o profissional que gostaria de ser?"; com a Professora Especialista Rita Mamede e "Normas Protocolares de Precedências: Erros e Acertos";  proferida pela Professora Doutora Honoris Causa Gilda Fleury Meirelles.

A Professora Kátia Albuquerque comentou sobre as mudanças que a atividade de cerimonialista no Brasil sofreu nos últimos 15 anos. "O profissional teve que se adaptar às mudanças na vida pública do Brasil, pois isso teve um impacto bastante significativo em nosso trabalho. Tivemos que aprender a sermos mais flexíveis sem perder a formalidade que exige o Cerimonial e Protocolo", pontuou.

Em sua palestra, a Professora Gilda Fleury, abordou exemplos de erros e acertos que podem acontecer em cerimônias oficiais. A palestrante tem mais de 30 anos de profissão e durante esse tempo coleciona histórias que compartilha com seus alunos para alertá-los do que se deve ou não fazer. "Uma infraestrutura pode fazer um bom evento como pode fazer um péssimo evento, na minha palestra abordo sobre montagem, precedência e visitas oficiais. São muitas as dúvidas, os detalhes são essenciais para o sucesso de um evento e o cerimonialista deve estrar atento a todos eles", frisou.

Para a comunicóloga, Aline Moura, o Encontro é uma oportunidade de se especializar em um assunto ainda novo para ela. "Assumi a Assessoria de Comunicação de Corrente no Piauí e abrangi a função de cerimonial e desde então estou estudando, me capacitando para exercer melhor essa atividade tão importante", afirmou.

 


voltar
Compartilhe:

Rede Sociais

Biblioteca

Copyright ® 2017 CNCP Brasil - Todos os direitos reservados Ícones dryicons.com